sexta-feira, 13 de maio de 2016

E quando a noite chega...

A noite chega...
Um sentimento que ecoa dentro de mim...
Vem à vontade incessante de gritar...
Meus olhos só alcançam apenas escuridão...
Eu grito: Tem alguém aí?
E apenas o silencio me responde...
Ouço apenas minha respiração
Me pergunto onde está a minha luz...
Aquele sorriso que me completava pelas manhãs...
Onde está o olhar que me confortava...
Agora estou aqui...apenas aqui...
Apenas sigo ... Caminho...
Com a esperança de que surja uma luz que brilhe...
Apenas ilumine e me ilumine...
E que estará ali permanentemente, iluminando, guiando...
Nesses altos e baixos só me resta esperar...