segunda-feira, 22 de setembro de 2014

O nós terminou

Sabíamos que era o melhor a fazer,
você foi embora,
mas ainda assim, meu coração ficou em pedaços,
e ainda assim você me pedia seja forte!
Me dizendo:
"Você ficará bem...
Você tem um futuro lindo e ilimitado...
Mas eu não consigo te acompanhar...
Me sinto limitado junto a você."
Mas em meu peito a dor grita,
Uma dor que me dilacera a alma,
Eu te pergunto:
Como superar??
Se você está aqui em todo lugar,
Todo dia aqui comigo.
Enfrento diariamente está batalha dentro do meu peito...
Encaro e olho de frente para nossas lembranças...
E peço misericórdia a DEUS...
Por não saber lidar com a sua ausência...
Mas tenho esperanças de que a cada dia a dor se acalme...
E até que esteja tudo em paz...
Mantenho meu olhar no horizonte...
Quem sabe encontro motivos para sorrir sem fingir.

As reviravoltas da vida


 São dores, soluços entre lagrimas.
 São sorrisos, risos entre beijos e abraços.
 Nunca sabemos até quando irá durar...
 Mas temos que arriscar!
 Foi doce enquanto pode ser...
 foi amargo no que tinha que ser...
 As vezes perguntamos se há algo a fazer?
 Digo:
 Não há nada a ser feito!
 Vivemos em uma balança...
 Depende de nós, e de onde queremos ir...
 Traçaremos o que fica e o que sai...
 Apenas viver, o tempo que está previsto,
 Até que o destino se cumpra.
 Importante ter claro que sempre teremos opções...
 Mas nunca poderemos dizer:
 Que não fomos felizes!