quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Segure a sua onda!
Não sabe o assunto,
Não dê pitaco!
Por que você pode perder uma amizade.
Não sei seu critério...
Mas procuro conhecer as pessoas!
Mas se me chamam no assunto,
E se há injustiça,
Lá estou!
Fora isso...
Não me intrometo!
Pareço inocente...
Mas também tenho a minha estrada
Não subestime!
Apenas quero mostrar o meu lado bom...
Por que o outro eu não gosto...
Mas o uso se assim for requisitado.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Anjo

Anjo adoraria:
Te encontrar
E lhe entregar...
O meu amor em seus braços,
Para que você sinta a pureza deste sentimento
Sem mascaras e joguetes
Apenas sendo, como somos.
Não lhe conheço...
Mas lhe amo tanto...
Que este sentimento não cabe em meu peito,
E divido, com o seu consentimento,
Mas dedico a minha proteção,
O brilho do meu olhar,
A minha felicidade,
A este anjo que me acompanha,
Pois sei que você vai me cuidar.

Desejo-lhe



No caminho da estrada da vida ...
Há infinitas possibilidades...
E sempre haverá o sol e a lua para iluminar,
E ao vento peço:
Que leve para o fundo do abismo qualquer angustia,
E traga o perfume das flores.
E com este, entrego um pouco da essência,
Do Amor,saúde, harmonia e paz.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Agora entendi...

Senti o alívio de todas as dores. 
Sei que as cicatrizes ficarão, 
É humano! 
Pois viver é estar exposto... 
E quando lhe senti...foi inexplicável... 
Você me mostrou sua face... 
E me ensinou a realmente sentir... 
E que realmente errei...mas o seu amor é maior. 
Tão grande, que há tempo de mudar. 
Através da reflexão junto a ti 
E com seus anjos,
Você me cuida, me ampara e me orienta. 
Apenas tenho que confiar e assim perseverar. 
Pois mesmo que eu ande no vale das sombras 
Nada temerei, pois tu esta comigo!

terça-feira, 26 de março de 2013

Então...


Não brinque...
Meu coração está cheio de sentimentos,
Você pensa que não vai machucar,
Mas dói as suas atitudes e indecisões!
Você ainda não sabe o que quer?
Ou sabe claramente.
Isso dói mais do que qualquer promessa
Deixar que eu experimentasse o seu gostinho,
Pois sei que irá me abandonar aqui no porto
Onde ficarei ajoelhada chorando,
Vendo a sua partida...
Assim o navio vai...
E desaparece no horizonte
Só ficando as boas lembranças
E o que fazer com elas?
Se não consigo nem joga-las no lixo,
Por que ainda assim ficará em minha memória...
Queria poder em um passe de mágica mudar os caminhos...
Mas não será assim...
Ninguém poderá fazer com que me ame,
Com a intensidade que desejo,
Então é melhor assim...

segunda-feira, 18 de março de 2013

Sem você

Nunca me vi, sem você,
E agora estou aqui!
Lutando e construindo cada minuto!
E o que menos tem me interessado,
É saber onde está você!
Até que tem suas vantagens,
Mas para chegar aqui...
Foi difícil entender,
Que eu, era o suficiente.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Verdade ou sonho


A vida prega surpresas,
e quando percebi,
você estava aqui,
com um abraço acolhedor.
Não sei o que é verdade ou sonho,
mas vamos ver quais as próximas cenas...
Esta sensação é raro em mim,
me sentir assim, tão segura,
me faz querer fugir...
mas é tanta tentação permanecer...

Meu sonho era você!
mas a vida dá voltas meu amor!
E continuei de cabeça erguida!
e certa de que fiz o melhor.
foi difícil reconhecer os estragos dentro de mim,
mas foi o tempo, e observando ele...
que compreendi...
realmente era caminho certo a percorrer.
Então hoje, em um breve momento de reflexão...
vi que tenho muitos outros sonhos.
e no decorrer deste período,
com muita determinação,
luto por cada um deles.
E neles só vejo espaço para mim.

Guia


Estendo-lhe a mão,
E mesmo que não lhe veja,
Lhe sinto...
Sei que anda comigo,
Acalenta meu coração,
Meu amigo de todas as horas.
Somente você sabe o que passa em dentro de mim.
E todas as vezes em silêncio supliquei auxilio,
E você com sua gratidão e benevolencia me ajudou!
Assim você sempre me salvou!
Mostrou o caminho...
Não preciso falar de detalhes,
Apenas importa dizer:
DEUS é o meu guia!

Pés no chão


Sonho com os pés no chão.
Não se assuste se pareço fria,
Apenas é o controle das emoções.
Nunca suspiro demais,
Pois talvez não tenha encontrado,
Apenas seja isso,
Encontrar algo que valha um suspiro meu!
Eu tentei me enganar...
E testar se consigo driblar minha autodefesa...
E foi inútil...
E continuo aqui...
Com os pés cravados no chão...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Soldado, Guerreiro, Pescador, Contador de histórias...


A vida nos surpreende novamente...
Nunca imaginei que chegaríamos onde estamos.
Veja bem...
Eu era apena um bebê e você estava lá...
Com seu jeito tosco... Mas lá.
Em suas travessuras de infância...
Cavalgando pelo campo a fora, com seus cães a tira colo...
Rebeldia era seu segundo nome...
 Mas sempre levou tudo muito a sério, principalmente caçar e pescar...
Mesmo não sendo aparente, sempre protegeu os seus.
Hoje eu entendo cada olhar seu...
Até mesmo quando eu fiquei braba com você por infantilidade,
E ainda assim você fez de conta que não viu...
E o vento chamado tempo passou...
Mas ainda assim, vejo que você me enxerga como menina.
No seu jeitinho de trazer uma pratada de pipoca ou oferecer um suco...
Aos meus olhos... Com todos os defeitos, problemas e pedras que na vida surgiu.
Estava lá, de forma tímida até, o meu soldado...
Mas que tem um coração enorme e derretido...
Sempre nos mostrou na vida a importância de ser guerreiro, como é.
Hoje já muito caminhou e muita história contou...
E ele sabe disso... Mas ainda assim as conta com gosto...
Em sua mente ele acha que não conseguiu passar nada pra nós...
Mas ele se engana... Se somos, o que somos, somos gratos a você...
Soldado, Guerreiro, Pescador, Contador de histórias...
Outros nomes pode-se chamá-lo, mas eu, o chamo de Pai.




Obs: Em homenagem ao aniversário do meu pai.