segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Sem título

Não sei quem eu sou...
Me procuro constantemente,
As vezes me surpreendo comigo,
Acho que não é necessário definições,mas talvez seja...
pois sou o que sou...
Mas muitas vezes me perco...
E nessa constante procura...
Me acho, pois nesse instante
Fica claro, de que a vida é um ciclo
São tantos desencontros e encontros nessa estrada
E assim tiramos muitas lições...
E que independente de qualquer situação,
Devemos ter coragem pra seguir em frente,
Em novos caminhos a ser percorrido.