terça-feira, 26 de outubro de 2010

O amor adormeceu...

O amor adormeceu...
Já não o sinto...
e isso me assusta...
não sei o que fazer.

O amor adormeceu...
Apenas continuo aqui,
Aguardando algo que faça pulsar novamente,
Que desperte meus desejos e instintos...

O amor adormeceu...
mas permanece aqui dentro,
Pronto para acordar,
e dar o melhor de mim.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Obrigado Mãe!!!

Minha vida nasceu em seu ventre.
O tempo passou...
Muitas vezes brigamos e nos reconciliamos,
Pela minha cabeça dura ou por orgulho,
Hoje vejo que muito você sabia...
Mas me achava dona da razão...
Mas as experiências da vida...
Me mostram que do seu jeito você sempre me cuidou...
Zelou pelo meu sono..
até quando eu já tinha idade suficiente.
E que muitas noites passou acordada...
E me deu colo mesmo quando já crescida...
Enxugou as minhas lágrimas, diante das decepções...
Assim como até hoje me puxa as orelhas, para mostrar o caminho correto...
Mas eu ainda assim prefiro alguns caminhos com pedra...
Mas foi assim, que aprendi...
E a pessoa que sou, foi moldada por você...
Obrigado Mãe!!!

Nessas voltas do mundo...

Nessas voltas do mundo...
Agora você se foi...
e é somente uma lembrança,
um ponto de luz longínquo,
e cada vez mais distante...
Nessas voltas do mundo...
Minha vida ficou um vazio,
estou decidindo o que fazer...
Nessas voltas do mundo...
Talvez não acredite nas promessas.
Mas meu coração quer acreditar!
Que um dia vou encontrar alguem...
que me completará, assim como vc.
Nessas voltas do mundo...
Onde estará a luz do meu olhar??
Onde estará o meu calor???
Nessas voltas do mundo...