sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Escritor de Gaveta

"Minha alma grita!
mas o unico que escuta meus lamentos...
é o rascunho de papel!

E quem os guarda com zelo...
é minha gaveta!"





Divisões necessárias

O sol aquece o meu interior,
trazendo esperanças...
de um amanhã possível.
São muitos momentos...
Divisões necessárias..
Para saber do ontem...
O que preciso para o hoje...
E o que utilizarei no amanhã!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

O amor adormeceu...

O amor adormeceu...
Já não o sinto...
e isso me assusta...
não sei o que fazer.

O amor adormeceu...
Apenas continuo aqui,
Aguardando algo que faça pulsar novamente,
Que desperte meus desejos e instintos...

O amor adormeceu...
mas permanece aqui dentro,
Pronto para acordar,
e dar o melhor de mim.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Obrigado Mãe!!!

Minha vida nasceu em seu ventre.
O tempo passou...
Muitas vezes brigamos e nos reconciliamos,
Pela minha cabeça dura ou por orgulho,
Hoje vejo que muito você sabia...
Mas me achava dona da razão...
Mas as experiências da vida...
Me mostram que do seu jeito você sempre me cuidou...
Zelou pelo meu sono..
até quando eu já tinha idade suficiente.
E que muitas noites passou acordada...
E me deu colo mesmo quando já crescida...
Enxugou as minhas lágrimas, diante das decepções...
Assim como até hoje me puxa as orelhas, para mostrar o caminho correto...
Mas eu ainda assim prefiro alguns caminhos com pedra...
Mas foi assim, que aprendi...
E a pessoa que sou, foi moldada por você...
Obrigado Mãe!!!

Nessas voltas do mundo...

Nessas voltas do mundo...
Agora você se foi...
e é somente uma lembrança,
um ponto de luz longínquo,
e cada vez mais distante...
Nessas voltas do mundo...
Minha vida ficou um vazio,
estou decidindo o que fazer...
Nessas voltas do mundo...
Talvez não acredite nas promessas.
Mas meu coração quer acreditar!
Que um dia vou encontrar alguem...
que me completará, assim como vc.
Nessas voltas do mundo...
Onde estará a luz do meu olhar??
Onde estará o meu calor???
Nessas voltas do mundo...

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Sigo o meu caminho,
Um tanto solitário...
Já sem seus carinhos que me confortavam,
Ou aquele olhar que penetrava em minha alma.
Fiquei um tanto perdido,
Muitos caminhos...
E nenhuma vontade de ir adiante.
Dê-me um motivo forte para continuar!
Mas a vida ainda me empurra,
Para trilhar um caminho de pedras.
Mas isto não me assusta...
O que tenho medo é não querer,
Como se tanto faz, como tanto fez,
Por que nada me importa mais...
Mesmo que você esteja lá,
Já não me importa.
Por que não quero nada,
Quero ficar aqui sentado...
Olhando o movimento da vida dos outros
Quem sabe ouvir o assobio do vento
Carregando para bem longe de mim...
Sabe sei lá o que...
Aqui há um vazio...
Talvez um grilo faça algum ruído lá bem distante...
Mas eu ainda permaneço aqui...
No mesmo lugar...
Sem saber o que fazer...
Talvez surjam alguns sonhos...
Mas ainda não sei a minha reação.

Algo me prende...

Não me esqueço do seu sorriso,
Das manhãs de domingo,
Do seu carinho nos meus cabelos
Aonde foi parar tudo isso
Quero esquecer
O que fazer para seguir em frente
Mas algo me prende...

Sem saber aonde ir...

Eu fiquei na margem
Entre o início e o fim
Dividida entre os caminhos a seguir,
Chorar ou rir...
Mas não me contive,
Derrubei sim muitas lágrimas...
Mas agora estou ali na margem
Sem saber aonde ir...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Permanecendo em pé

 As dores virão...
Mas você permanecerá de pé...
Por que você é mais forte do que pensa...
Não consegue ver o quanto cresceu...
O grande potencial que está em suas mãos...
As dores virão...
Mas você permanecerá de pé...
Não importa quantos vão te olhar de cara feia...
Ou a quantidade de não que irá receber...
Importa que você acredite, acima de qualquer coisa...
As dores virão...
Mas tenho certeza que irá passar...
Por que você é o melhor que há,
E você permanecerá de pé!


Lembranças...

Nossa música toca...
E eu aqui no meu quarto...
Lembro de tantos momentos...
A qual já passou...
O vento, junto com o tempo levou...
Às vezes tento descobrir o que restou...
E vejo...
Restaram apenas rascunhos...
Poemas cheios de lágrimas...
Os quais são guardados em minha gaveta.

Então grite...

A revolta que o sufoca...
Não deixe que o manipulem...
O mundo até pode querer ser sórdido com você
Mas ele tem um lado mais bonito
Então coloque pra fora
Então grite... Grite...
Não deixem que te sufoquem
Nem matem seus sonhos
Se indigne... Mostre sua opinião
Então grite... Grite...

Nesta noite tão escura...

Nesta noite tão escura...
O amor é um ser estranho...
Que meu coração nunca entendeu...
Como pode?
Deixou-me de mãos vazias,
Completamente só.
Nesta noite tão escura...
Mas algo me leva adiante...
Talvez um resquício de calor,
Nesta noite tão escura...
Talvez surja uma esperança...
Que nesta noite tão escura...
Que eu conheça plenamente o amor ...

Não posso mais ficar

O sol raiou meu bem
E já não posso mais ficar
A vida me chama
E não posso me prender
Juro a você...
O que mais quis, foi te amar.
Amar até o final dos tempos
Mas o sol raiou...
E já é hora de ir adiante
E mesmo que implore para que eu fique,
Já não há mais tempo pra nós
A sua escolha foi feita.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Entorpece minha alma

Você veio sorridente como um dia ensolarado...
Que iluminava meu horizonte...
Trazia esperanças...
Eu esperava de braços abertos!
As juras que te fiz foram sinceras!
Mas nessas coisas de amor...
Nos enganamos as vezes com o doce mel,
Ainda mais quando o coração está ferido.
É como analgésico...
Hoje me sobraram as taças de vinho,
Que entorpece minha alma,
E assim vou seguindo...

Havia um tempo...

Havia um tempo em que eramos só nós dois,
Em que todos os planos se tornavam um.
Mas chegou um dia que não nos reconhecíamos,
E todo o sentimento virou história.
E o amor escorreu entre meus dedos,
Não pude fazer nada para impedir.
E assim você se foi...
Hoje faço as mesmas coisas, que fazíamos juntos...
E assim até te sinto um pouco mais perto.
Mas não é mais do mesmo jeito,
Agora seus planos estão em outro lugar,
E os meus foram para outra direção. 
E só foram momentos...
Deixou suas marcas e mesmo que cicatrize,
Sentirei saudades de muitos parágrafos.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Ah!Meu primeiro amor...

        Mais um dia em minha vida, em plena adolescência, escola, amigos e nenhuma preocupação. Aquele cotidiano, que conhecemos bem, e mesmo assim, nunca é bom o suficiente. Estudava á tarde, e de onde morava, tinha que pegar um ônibus, em pleno início das aulas.
        Chegou a hora de ir pra escola, entrei no ônibus, e como sempre tímida, sem dar uma palavra, segui meu caminho, e foi o primeiro dia que percebi aquele rapaz. Lembro até hoje, como ele estava vestido: boné, um casado branco com detalhes em vermelho, calça jeans e tênis, os quais eram bem comum á idade. Ali me encantei.
         Bom ai vocês já imaginam, que daquele dia em diante, eu pegava sempre o mesmo ônibus, e procurava ficar alí por perto, para quem sabe num dia de sorte, ele começasse a conversar comigo. E sabe que o meu plano deu certo, um destes dias, aquele papo sobre o tempo:
-Que dia! Podia fazer menos calor!
-É verdade!
       Pois então, não foi tão empolgante a primeira conversa, mas não importava, por que estava muito feliz por ele apenas trocar meia dúzia de palavras comigo, era o dia mais feliz, foi irradiante. Sei que ficaram curiosos pra saber se conversamos mais, e não é que foi, a cada dia os assuntos aumentavam. E assim começamos uma amizade de ir e vir da escola.
      Para dizer a verdade devo muito aos boatos que surgiram na época de que o mundo iria acabar, até deram a data. E foi nesta data, que consegui que ele desse o primeiro passo, aconteceu o primeiro beijo. Começamos a namorar e foram meses maravilhosos.
        Difícil foi apresentar para o meu pai, mas depois desta etapa vencida, acabei perdendo para mim, é ficou intrigado com isso? Mas foi assim, perdi para minha imaturidade e não saber lutar pelo o que eu realmente queria.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Sem título

Muitas vezes é um sentimento reprimido...
Que desatina como um grito
Sem perceber, foi um desalento...
Que me pego, de um jeito lento...
Sem percebe-lo...
Não fui recebe-lo...
E assim lastimo,
Por que seguirei o meu caminho com estilo.
Desculpa se julga ser errado,
Por que assim foi libertado.
Sinta o vento como fosse um acalento.
De todo o carinho que tenho.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Em pranto...
Não pude me conter...
Mas o tempo foi passando...
As lágrimas já não caem...
Foram secando como tinha de ser...
O sentimento???
Já não sei o que isso...
Fui me perdendo a cada queda...
E ao mesmo, fui me reconstruindo...
Mas em cada uma...
Continuei...
E a cada tentativa...
Eu via se esvair em minhas mãos...
E de novo estou aqui...
No início...
Tentando novamente...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Um novo ato

Despontou no horizonte,
A luz que me guia. 
Que me encoraja a cada manhã.
E mesmo que eu queira fazer manha.
E quando percebo...
Tudo já passou...
passado e presente querem se misturar,
Eu paro e reflito...
E coloco um ponto.
E tudo já está tramado para a cama de gato
E assim surjo para um novo ato.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

OBS:

Uma tristeza profunda toma conta do meu ser,
sem mais entender,
sei de um mundo rebelde,
sem causa aparente,
Nunca sei como me tornar uma pessoa melhor,
e fazer um mundo melhor
tento fazer o que as teorias falam,
mas vive-las na minha pele está díficil...
Penso em sair correndo largar tudo...mas tudo mesmo
de que importância tem para o mundo...
se existem tantos no mundo...
dizem que cada pessoa é especial e única
mas tem tantos rolando por ai sem era... nem bera
outros tantos preocupados consigo e sua beleza escultural...
E algumas pessoas brincam de verdadeiro ou falso...
mas já não se sabe quem é falso ou verdadeiro.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Mesmo assim...tive que ir!

Com o gosto dos seus doces beijos,
e com seus gracejos...
Mesmo assim...tive que ir!
Um breve momento parou para nós.
Aquele instante mágico...
Mesmo assim...tive que ir!
Eu não sabia...
mas vc já fazia parte de mim,
mais do que eu queria.
Mesmo assim...tive que ir!
E agora vivo nas nuvens a sonhar... 
No momento de talvez te encontrar...
E mesmo assim...tenho que seguir!

Segundos, minutos, horas, dias


Passam segundos, minutos, horas, dias

E quando percebo vem aquele frio

Não tenho o seu calor 

A ausência tenta ser um doce néctar,

Mas tem um gosto amargo.

E assim saudade aumenta.

Passam segundos, minutos, horas, dias

Assim espero saciar a minha sede Do néctar dos seus beijos.

E me envolver em seus braços,

E peço que não passe...

Segundos, minutos, horas, dias 

quando estou ao seu lado.



De mansinho

Chegou quieto,

me deixando inquieto.

De mansinho,me deu seu carinho.

Me envolve nos seus braços,

gravando em mim seus traços.

Bagunçando com meus pensamentos,

Quando diz que sou de momentos.

Então digo que no destino confio,

Para que meu coração não entre conflito.

Não sei aonde perdi...



Não sei aonde perdi...

Era tudo tão perfeito

Sem efeito

E sem mais 

Tudo se perdeu.

E vc não está mais lá.

Oh! destino matreiro,

Tão sorrateiro.

Pega de surpresa,a sua presa.

Grava em sua carne suas iniciais,

E vai embora.

Sem pedir licença

Sem crença.

Somente a chorar,

Esperando a ferida sarar.

Arriscar num piscar

Não consigo tirar você de meus pensamentos,
Cada pequena coisa que você tenha dito e feito
Parece dentro de mim ter efeito.
Realmente não importa se você esta só de passagem,
Mas o encaixe é perfeito.
Eu tentei esconder...
Mas dá para notar,
Quando você encarar o meu olhar.

Embora a solidão tenha sido minha amiga, 
Estou deixando você entrar em minha vida. 
As pessoas dizem que sou louca, 
Por arriscar... 
E Num piscar tenha ficado cega, 
Como você conseguiu tal façanha...ainda é um mistério. 

E não me importa de onde você veio,
Me importa que seja verdadeiro.
Não me importa o que você têm,
Me importa que seja transparente.
Não me importa quais linhas já escreveu, Me importa que começássemos a escrever as nossas.
Não me importa...
O que me importa... É que tenha certeza de seus sentimentos,
E assim então construir um verdadeiro amor.

Não esperava...quando vi...

Não esperava...quando vi...
você estava em minha frente.
Achei que em nada ia acabar,
mas me perdi em seu olhar.
Distraída me peguei a pensar,
em você estava a me abraçar.
Mas não quero ceder,
Tenho medo do que pode acontecer.
Quando vejo chega o alvorecer.
Mas perdido em seus braços quero morrer,
E não importa o quanto vai doer,
Sei que no final tudo pode acontecer.

Ele e Ela

Ela pensa nele,
Ele diz que pensa nela.
Ela já explicou tudo o que sente,
Ele acha que não é verdade.
Ela diz existe um sentimento lindo,
Ele acha que só ele sente.
Ela diz que chegou tarde demais,
Ele acha que um dia haverá um tempo.
Ela sabe que o tempo passa,
Ele ama como se não houvesse amanhã,
E que Ele e Ela só querem ouvir a mesma frase,
Eu quero estar só com você.

Por que?Beybe, por que?



Por que?Beybe, por que?

O nosso amor era lindo,

você fez promessas de amor,

e do nada foi embora;

e eu ainda penso...

Você apenas decidiu,

sem pensar em conseguencias,

e eu continuo a me perguntar.

Por que?Beybe, por que?

Eu queria você apenas,

apenas você por completo.

Por que o restante conseguiriamos,

mas você não se entregou.

Enquanto a mim...

entreguei minha alma,

e hoje apenas me resta lembranças.

Porém ainda me pergunto,

Por que?Beybe, por que?

Onde tudo acabou.

Verdade???



A verdade ninguem tem,

nem eu sei,

não existe culpados,

apenas corações recentidos,

em tentativas frustradas.

A vida é assim...

sem começo, meio e fim.

São embaraços...

a ser enquadrados.

De acordo com um ponto de vista.

Qual seu ponto?

Você saberá onde colocar?

Você saberá...saberá...

Renascer

Como uma ave fenix,
Renasço das cinzas,
e recomeço tudo.
Dou um salto para um vôo,
viver intensamente,
cada momento feliz.
Mas agora começarei,
tudo novamente,
sem medo de ir em frente.
As nuvens negras se dicipam,
e o sol brilhará,
um sorriso brotará,
para um novo viver.

"Eu tentei"

Acredito que a vida é uma luta constante pelos sonhos, no trabalho, na saúde, no amor, então, é uma tarefa árdua, que não se pode desistir sem tentar. É necessário dar o que há de melhor em vc. No trabalho, se não vence por talento, vence por esforço. Na saúde é cuidado preventivo, constante e juntar determinação muitas vezes te ajudam, e muito. No amor vc dá o melhor que há em vc, e se o seu par não reconhecer, vc se valoriza antes de qualquer coisa, lembra que todas as pessoas são especiais, por que cada uma tem a sua essencia e ai vc segue em frente e fique tranquilo, por que está na hora de dizer pra vc, "Pelo menos tentei". Sabe penso que somos escritores e atores, por que escrevemos as páginas de nossas vidas, e são muitas histórias e a qual devemos ser o ator principal, e no momento em que decidimos encerrar uma história, devemos ter a sensação de satisfação, por que vc deu o seu melhor e tentou fazer o que podia.

Sem título



O meu coração chora o carinho que perdi 

e não vejo o proximo degrau 

a dor não passae a vida passa 

sei que devo seguir em frente

e que tudo isso um dia vai passar

Sei que o Perdi pra mim mesmo,

Pro meu medo de me entregar realmente

Pra minha desconfiança 

Perdi pra minha confusão e indecisão

e assim fui perdendo e perdi...

o que pudia ser a coisa mais bonita da minha vida

E que na verdade talvez quem não sabia o que queria era eu.

Sem título



Não sou seu brinquedo

Mais respeito pelo meu sentimento,

Você é mais um conto finalizado.

E agora é hora de refletir...

assim começarei a escrever novas linhas.

E você já não faz parte da minha vida,

Tomou a sua decisão,

então não espere que eu vá chorarimplorar para voltar.

Por que a vida continua,

mais cedo ou mais tarde...

Eu vou parar de pensar em você,

então me tire da sua lista.

E você será apenas mais uma história.

Olhar

A profundidade de um olhar...


silencia a voz apaga o gesto pára o tempo...


a profundidade de um olhar...


solta a verdademostra o sentimento 


solta a emoção...


a profundidade de um olhar...


magia que vem de dentro


grito da alma no silêncio do olhar....


"se meu olhar não lhe diz nada,minhas palavras são inúteis"

A você DEUS, que me carrega em todos momentos!!

Você chegou como quem não quer nada,
Talvez tivessemos nossas diferenças...
O distino nos surpreendeu...
E tudo mudou!
Você se tornou a luz...
Que ilumina o meu caminho.
O Anjo que me guarda.
O acalento das minhas noites.
Você faz brotar em mim...
o meu melhor...
o sorriso apagado...
o amor perdido...
Você criou a magia...
de continuar a sonhar...
você é esperança de um mundo melhor!
Você é DEUS!

Reflexão

É difícil falar sobre a vida, por que não há receitas ou fórmulas. São cheias de histórias, por muitas vezes são lindas e satisfatórias e outras nem tanto. Mas por mais plural que sejamos, estaremos sempre em nossa companhia, e às vezes se entender é complicadíssimo, e imagina para quem está acerca de você, piorou a situação, não terão nenhuma noção do que se passa no teu interior.

O passado muito presente

O tempo passou,
mas a dor não.
O que fez?
Tento me recuperar,
novamente respirar,
mas a queda foi grande.
Passa dia...
Passa noite...
Mas continua lá,
ela não passa,
o tempo passou,
mas ainda é presente.
Dormindo, nos sonhos,
esta lá...
Acordado, nos pensamentos,
esta lá...
E agora?
Já não sei o que fazer!
Meu Deus!
Ajude este coração a sobreviver,
com o tempo que passou.

Sem título

Acha que acabou com meus sonhos?
Eles permanecem aqui firmes.
Diz que fico lamentando?
Mas se enganou meu bem...
Por que o tempo não para.
Vou seguindo experimentando...
Assim tentando resolver este sentimento.
Com a distância e a indiferença...
Que mata a cada dia...
Sei que irá acabar.
Sei que mesmo sendo uma linda historia
De momentos intensos.
A razão me grita...
Acabou é hora de ir em frente,
E não se fechar,
E quem sabe ir de encontro ao novo.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Sem título



O tempo esta passando, e o sentimento que estava aqui, não sei dizer onde está. Apenas uma terra seca, a espera de água, e quem vai saber, se um dia vai brotar.
Fui vivendo...e percebendo que não era valorizado, sendo humilhado diante dos esforços, foi se extinguindo, decidi não olhar pra traz.
Você pode dar mil explicações aceitáveis, mas meu coração só sabe chorar e nada será justificável para amenizar a dor.
Mas pode ter certeza, que estou de cabeça erguida. E olhe bem...as suas decisões... e avalie bem... e não brinque com palavras, que mal empregadas podem causar o caos. E perdem o verdadeiro valor que tem diante da vida.